Bibliotecas no Brasil

As primeiras bibliotecas do Brasil foram as dos colégios dos jesuítas, os educadores dos domínios lusitanos, até serem expulsos, em 1759, por questões políticas. Destas, a maior era a do Colégio dos Jesuítas da Bahia, a primeira universidade do Brasil, que contava com alguns milhares de livros numa época em que a imprensa no Brasil era proibida. Eram manuscritos, em grande parte.

As restrições acabaram com a chegada da Família Real. Em 1810, houve a transferência do acervo da Biblioteca da Ajuda de Lisboa para o Rio de Janeiro, criando a Real Biblioteca. Após a Independência, a Real Biblioteca foi comprada pelo Império do Brasil. Posteriormente, seu nome mudou para Biblioteca Imperial e Pública da Corte e, a partir de 1876, passou a se chamar Biblioteca Nacional.

A primeira biblioteca pública do Brasil, entretanto, foi fundada na Bahia, 1811, pelo Oitavo Conde do Arcos. Em 1912, ela foi destruída durante o covarde Bombardeio de Salvador, promovido pelo presidente Hermes da Fonseca. Imensa documentação histórica virou cinzas.

Em 2008, foi inaugurada a Biblioteca Nacional de Brasília.

 

Gabinete Português de Leitura de Salvador, fundado em 1863 na primeira capital do Brasil. Bela arquitetura portuguesa com influência árabe, em estilo manuelino. Mais Bibliotecas da Bahia

 

 

Universidades

 

Gabinete Português de Leitura Salvador

 

 

Bibliotecas Mundo

Biblioteca Nacional de Brasília, inaugurada em 2008.

 

Copyright © Guia Geográfico - Cultura e Arte, Bibliotecas e Livros. Brasilien, Brazileje, Brasile, Brazílie, Brazilo.

 

 

Bibliotecas

 

Biblioteca Nacional

 

Pesquisa Escolar

 

Cultura e Arte

 

Cultura

 

Mapas

 

Melhores Sites

 

 

 

 

 

 

 

 

Bibliotecas no Brasil

 

 

 

 

 

Eduardo Coutinho